A energia elétrica pode ser um subproduto de outras formas de Energia, como a mecânica e a química. Através de turbinas e geradores podemos transformar estas formas de energia em eletricidade.

quinta-feira, 17 de março de 2011

O MEU MUITO BEM-HAJA

É muito comovido que agradeço todas as mensagens de apoio.

A todos os formadores e companheiros de curso.




Guarda, 17 de Março de 2011

  Hoje não é o formando nº 7 do curso de Técnicos de Instalações Eléctricas que escreve estas palavras, é o Homem, o Pai, o Marido, o Avô, com 53 anos de idade e muita experiência de vida, muitos caminhos percorridos, uns mais sinuosos que outros, mas sempre com a mesma determinação de vencer os obstáculos.
  27 de Setembro de 2010 , sou chamado ao IEFP da Guarda onde me apresentam, a mim e a mais um grupo de pessoas, não vou precisar o número ,um curso de Técnicos de Instalações Eléctricas, curso esse que era no futuro o nosso oásis no plano de trabalho, foi-nos apresentado como quem vende uma enciclopédia ilustrada Pelo Dr. Rui e pela Dra. Madalena.
   Passados uns meses conturbados só com formação base (sem formadores da parte tecnológica), a formação lá foi andando, avivamos a memória sobre CP1, a cidadania, a solidariedade o estarmos integrados na sociedade civil, lemos e relemos parte da Constituição da República Portuguesa, os artigos que mais temos de acompanhar na nossa vida privada e social, acompanhados pela excelente formadora desta matéria.
  Foi com o excelente formador de CP4 que aprendi uma das mais fundamentais atitudes que devemos tomar na nossa vida no dia a dia, e passo a citar “ se temos dois ouvidos e uma boca, devemos ouvir o dobro daquilo que falamos”.
A todos os outros formadores o meu nuito obrigado, nunca na minha vida tive tamanho apreço pelas pessoas a quem deve uma explicação, pois sou pobre mas não sou ingrato. 
 Bem mas como não vou dar nenhuma aula venho por este meio dar a conhecer a todos os possíveis desempregados que sejam chamados aos centros de emprego para possível frequência de cursos de formação profissional, leiam bem as entrelinhas dos contratos que são convidados a assinar, pois tudo o que lá vem escrito, pode no decorrer do jogo ser alterado, nunca em vosso beneficio, como aconteceu com o nosso, os nossos governantes decidem que da mísera bolsa de 50%, sem aviso prévio passa para 35%, e quem não tiver meios monetários como era o meu caso, pois estou já desempregado faz 6 anos, e portanto já terminou todo o tipo de subsidio,faz muito tempo, e neste momento fazia 110 Km. todos os dias para me deslocar para a Guarda em viatura própria, devido á inexistência de transportes públicos, tive de desistir a meio do curso, mas não foi essa a única razão, tive outra muito mais grave, motivada pela pressão e pela coação feita sobre a minha pessoa, por o Sr. Engenheiro Telmo e  Sr. Doutor Armando (ex-diretor) Funcionários desta casa que se deram ao trabalho de ir a uma sala de formação e perante toda a turma de 14 formandos e do formador me ameaçaram com um processo no tribunal civil porque acham que a maneira com os nossos problemas foram apresentados no nosso blog, não foram as mais correctas, depois de meses a bater à porta do gabinete do Sr. Engenheiro Telmo e não obtermos qualquer resposta.
   Messes depois de tudo isto passado, no dia 3 de Março de 2011 , mais uma vez veio outra ameaça de tribunal, se todo o conteúdo do nosso blog não fosse apagado.
  O Sr. Doutor (ex-diretor) que se dirigiu à nossa sala de formação não foi preocupado se os nossos problemas já estariam resolvidos, veio sim preocupado como as coisas lhe chegaram ao conhecimento.

(Bullying é uma palavra inglesa que significa intimidação. Infelizmente, é uma palavra que está em moda devido aos inúmeros casos de perseguição, coação e agressões que se  detectam nas escolas e colégios, e que estão a levar  muitos estudantes a viverem situações verdadeiramente aterradoras.)
  Deixo umas perguntas a estes senhores funcionários do IEFP. IP
Sr Engenheiro Telmo e Sr. Armando ( ex-diretor)
No que toca a cidadania, solidariedade e até mesmo Constituição da Republica Portuguesa, não estarão a precisar de uma reciclagem?
Porquê?
Uns dias antes destes acontecimentos, dentro das instalações do IEFP.IP, um formando do nosso grupo teve uma perca de sentidos,(desmaio)devido a problemas do foro psicológico, que originou o transporte do mesmo numa viatura do INEM (Ambulância) para as urgências do Hospital Sousa Martins onde permaneceu parte da manhã, até hoje ,dia que escrevo estas linhas nunca da parte do Sr. EX-Director, o mesmo que me ameaçou com o processo em tribunal,ou outro funcionário do IEFP se dignaram ir ou mandar alguém perguntar se estava tudo bem com esse formando, se fosse um filho ou um familiar mais próximo de um desses senhores numa situação idêntica, numa outra instituição (escola, colégio) eles agiriam da mesma forma?

Razão tinha o formador Torres que nos disse logo no primeiro dia de formação tecnológica : "agarrem-se ao curso ,levem-no muito a sério, estudem muito ou vão passar um ano e pouco da vossa vida a encher chouriços!"

Nos noticiários recentes nas TVs sobre a "geração que está á rasca "
ouvi estudantes dizerem que têm um canudo que não lhes serve para nada , esses tambem andaram a encher chouriços.?????

assino : Ilídio Tavares Gomes

4 comentários:

  1. É triste que não ája mais pessoas como este senhor en Portugal dai vesse o estado de Portugal á deriva com uma democrassia podre, porque falar falam todos bonito para agradar mas nada fazem quem sofre é portugal nós deus nos valha, eu já é a segunda vez que me escaldo com curços deste género ao fim de dois anos tive de dejestir por falta de verbas na escola na altura era o primeiro ministro o cavaco agora estou no curso de electricidade agora no meu caso não são as verbas mas o comtiudo da matéria dada no dito curço é estranha e irrialista para o mercado de trabalho penssava eu que ia acabar o curço com calos nas mãos mas vou é acabar o curço a xanax

    josé J.

    ResponderEliminar
  2. pesso desculpa pelos erros mas foi o que pude aprender no RVCC....

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Até quando estes senhores vão continuar com a politica do mete medo aos formadores ? como o sr.eng. que perante toda a turma se dirigiu ao formador e lhe perguntou em voz alta e bom tom se conhecia alguma empresa que desse um 8 pois havia alguem para chumbar .

    ResponderEliminar